compartilhar:

Notícias

Empregado despedido por ajuizar ação trabalhista deve ser indenizado

A Calçados Bottero foi condenada a converter a dispensa por justa causa de um trabalhador em despedida imotivada e indenizá-lo por danos morais.

Empresa é condenada por fazer anotação desabonatória na CTPS de um empregado

"É vedado ao empregador efetuar anotações desabonadoras à conduta do empregado em sua Carteira de Trabalho e Previdência Social".

Assédio sexual via MSN gera indenização por dano moral

A 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul (TRT-RS) manteve a decisão que condenou uma revenda de veículos a indenizar uma vendedora por danos morais decorrentes de assédio sexual.

Suspensa a greve dos servidores

A paralisação havia sido deflagrada no dia 17 de novembro.

Universidade que expôs lista de reclamantes é condenada a indenizar

A divulgação pelo empregador de dados referentes à ações trabalhistas ajuizadas por seus empregados, com manifesta intenção desabonatória, configura dano moral.

Notícia TRT4 - Funcionária assediada sexualmente pelo chefe é indenizada por dano

“Constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente da sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função”.

Consulta Processual

Consulte Aqui Seu Processo